sexta-feira, 18 de março de 2016

Desculpas Sinceras

Boa noite! Quanto tempo, não é? Tem um tempinho que não escrevo aqui :(

Gostaria de pedir desculpas a vocês pelo meu sumiço. Amo este espaço e quero mantê-lo sempre vivo, sei o quanto ele é importante para nós. Mas a verdade é que sinto que não tenho mais tanto o que compartilhar. 

A cura chegou, o pesadelo acabou. Graças a Deus! 

Estejam cientes, a cura é para todas, acreditem! E vale muito, vale cada esforço, cada centavo investido no tratamento, seja com fisio, com dilatadores, terapia, vibradores...

Quando a tão sonhada cura chega a vida muda, o casamento/relacionamento mudam, a gente muda... Não tem como descrever, é preciso viver.

Quero que saibam que eu continuo aqui pra vocês sempre que precisarem de mim, ok?! Tenho tentado responder a todos os e-mails e comentários, juro! A demanda dos últimos dias tem sido maior do que meu tempo disponível, mas eu prometo que ninguém ficará sem respostas. Então, se você me enviou um e-mail e ainda não obteve respostas, não pense que foi por falta de interesse, foi por falta de tempo, a vida tem sido uma loucura nos últimos meses.

Se precisar de uma reposta mais rápida, me envie seu telefone que te chamarei no whats, é mais prático pra mim. Tenho um carinho enorme por vocês, sei exatamente o que sentem, eu também senti, e sei o quanto nos sentimos perdidas e desamparadas nesta fase. Quero que saibam que não as abandonei e nem pretendo. Prometi a mim mesma que sempre estenderia as mãos a quem necessitasse de socorro, assim como um dia eu necessitei que alguém as estendessem a mim.

É isso! Passei por aqui só para pedir desculpas e para pedir que não desistam da cura mesmo que tudo pareça perdido, pois não está. Um dia eu cheguei a pensar que a cura era para todas, menos para mim, hoje estou aqui curada, feliz e realizada. Sei que muitas de vocês pensam ou já pensaram assim. Coragem, a luta é árdua, mas a vitória é compensadora. 

Sigam firmes!

Abraços,
Melissa.

25 comentários:

  1. Faz 2 anos de casado já. Estou fazendo o que posso com minha esposa para sair desse inferno.
    É realmente uma prova muito grande. Mas espero também que tudo dê certo, obrigado por suas palavras acalentadoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure uma fisioterapeuta pélvica. Sou uma recém curada do vaginismo. 8 anos casada, em 2 meses fui curada. A fisioterapeuta faz uma massagem para distensionar a musculatura e treinamos com dilatadores. Nao faltei em nenhuma sessão, uma vez por semana e treinava em casa com os dilatadores 2 vezes por semana. Se for de SP capital tenho uma excelente fisioterapeuta pra indicar, super capacitada e com preço acessível. Incentive sua esposa, continue tendo paciência pq existe cura!!! Eu nao colocava nem absorvete ínterno, nao encostava nem a ponta do dedo, como costumava falar para minha fisio: nao passava ali nem pensamento...rs Mas consegui!!! Dependendo do trauma que gerou o vaginismo, pode levar um pouquinho mais de tempo, mas independente disso, há cura pra todas!!!!

      Excluir
  2. O vaginismo tem cura, e ela vem mais da cabeça que dá Fisio, vaginismo é psicológico, se a cabeça se abrir para a vida sexual, ver que o contato com a vagina, com o pênis, com a sexualidade são coisas boas a cura vem, a Fisio auxilia mas não é de todo a chave.

    ResponderExcluir
  3. Melissa boa tarde!
    Por favor poderia me adicionar no watts app 21 97970-2596.

    preciso de ajuda.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe o grupo no whats? Também sofro disso é queria conversar com outras meninas que passam por isso. 8587410422

      Excluir
  4. Olá sou a Raissa (pseudônimo), tenho 26 anos e atualmente sofro com o vaginismo. Parabéns Melissa pela cura e por sua dedicação em expor seu problema e ajudar mulheres que sofrem e nem sabem. Eu não sabia que eu tinha esse problema, o identifiquei através do seu blog. Vou iniciar o tratamento e quero compartilhar tudo contigo e com outras mulheres que passam por esse problema. Por favor, mantenha esse blog no ar para continuar ajudando como me ajudou!!!

    ResponderExcluir
  5. I enjoy telling the World the TRUTH about Portugal's state of reality: The Biggest Global Economic Collapse in History! Everybody is leaving Portugal to live in former Third World Colonies in order to eat. Our Racist/Xenophobic way of life we enjoyed for centuries has come back to bite us bitterly. It has been downhill since we separated from Spain in 1640 and BET our futures on the Pirate thieving British who only looked out for themselves and left us in the Cold. And, the proof is Britain just left Europe to look out for themselves yet AGAIN! We Portuguese are VERY Stupid people that NEVER learn from our Ignorant ways!!

    FOR MORE INFORMATION VISIT:
    http://portugalisaracistcountry.blogspot.ca/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Melissa! Gostaria do contato da psicóloga com quem vc se tratou. Foi em Brasília? Minhas tentativas de terapia até aqui foram frustadas. Por favor, me ajude! Bj

    ResponderExcluir
  7. Estou há seis meses casada e ainda não consegui ter relações. Eu tive uma festa muito bonita de casamento, na minha lua de mel preparei algo romântico, mas não consegui ter relações e eu e meu esposo acabamos chorando por não conseguirmos. Eu pensei que com o passar dos dias eu ia conseguir, mas os meses foram passando e as coisas não se resolveram. Com tudo isso, eu fiquei muito triste, eu chorava muito e quase entrei em depressão. Dizia para o meu esposo me deixar, procurar outra e não tinha mais vontade de viver. Eu não via solução para o meu problema. Eu me sentia horrível. Mas o meu esposo não desistiu de mim... E hoje depois de procurar bastante na internet sei que tenho vaginismo em decorrência de um abuso que tive na infância. Não fui ao ginecologista por vergonha, e não consegui encontrar os dilatadores na minha cidade, infelizmente tive que comprá-los pela Internet. Já estou fazendo o tratamento há quase dois meses com os dilatadores. Hoje eu tenho esperança de conseguir resolver meu problema. É difícil, mas creio e espero em Deus que vou conseguir ser feliz com meu esposo.

    ResponderExcluir
  8. Estou doando os Dilatadores que foram usados na cura da minha esposa. Ambos usados com preservativos. Interessadas chama no whatsap : 73 988046539 Alexandre

    ResponderExcluir
  9. Olá Melissa! Desde já obrigada por partilhar a sua experiência. Infelizmente não há muitas mulheres em Portugal que façam o mesmo... criei um blog para o efeito, será que podia dar uma olhadela? E se achar por bem, referi-lo num próximo post? Ficaria-lhe muito agradecida! Quero mostrar a mais mulheres que não estão sozinhas!
    http://vag-quemmandasomosnos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, é muito bom ter conhecimento de experiências como a nossa, deixo o meu link, fico feliz se a minha historia conseguir ajudar outras mulheres.

    http://vaginismoacaminhada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá Melissa. Só estou passando para lhe agradecer muito por ter criado esse blog e por ter ajudado tantas mulheres com o vaginismo. Tenho esse problema desde sempre, pois nunca consegui ter a penetração, desde a primeira tentativa. Namoro há 5 anos e já fui em ginecologistas, mas não consegui nenhum avanço. Como você mesma disse, há momentos que parece que houve algum avanço, mas depois parece que voltamos 2 passos para atrás e aí vem a sensação de fracasso, impotência, desespero. Estou muito feliz por ter encontrado esse blog e saber que não estou sozinha (pois esse é um agravante: pensar que ninguém no mundo entende o que você está passando). E fico mais feliz ainda de saber que há cura e que, se vocês conseguiram superar esse problema, eu também consigo. Foi muito esclarecedor ler os depoimentos sobre tratamentos com fisioterapia, dilatadores, etc. Vou ter muito mais base para conversar com minha ginecologista na minha próxima consulta. Muito muito muito obrigada! Um beijo!

    ResponderExcluir
  12. Meninas, boa noite!
    Espero que você que tenha vindo atrás de uma solução encontre conforto em meu comentário e também saiba que não é a única. Eu sonhava com o dia em que viria aqui contar que eu me curei. Esse momento chegou! Graças a Deus. Foram exercícios em casa com os dilatadores e também sessões com sexóloga para conversar sobre sexualidade, tirar algumas ideias da cabeça que me atrapalhavam muito... E ainda por cima consegui isso sendo solteira.
    Minha história com o vaginismo é a seguinte: namorei por muitos anos, mas quando eu estava em tratamento com sexóloga e já fazendo exercícios com os dilatadores ele desistiu. O relacionamento estava muito desgastado, muitas tentativas frustradas, muitas questões para se resolver no próprio namoro, que não era muito saudável.
    Desanimei com o término, deixei de ir na sexóloga e fui para uma psicóloga tratar outras questões, sem deixar de lado o vaginismo. Tudo o que eu tinha conversado com a sexóloga tinha sido maravilhoso para acalmar a minha mente, ajudar a mudar crenças, me ver como uma pessoa normal. Achei muito bom poder falar abertamente, inclusive sobre coisas ruins que eu pensava sobre sexo e ela me ajudou a ver tudo com outros olhos.
    Depois, com a psicóloga, o assunto sexo as vezes surgia, enquanto eu continuava de vez em quando fazendo os exercícios com os dilatadores. Gente, eles são essenciais. Eu lembro que eu não gostava da ideia de ter que fazer isso, mas depois você vê que é a melhor coisa que você pode fazer por você. São muito necessários porque é o momento só seu. É a hora de conhecer seu corpo, ver que com carinho e cuidado, aos poucos, você consegue introduzir até chegar no momento de colocar o maior. E aí você vê que tem poder sobre seu corpo. Isso leva tempo, claro, mas ajuda muito!
    Um ano e meio depois do término do meu namoro, após exercícios e terapia, conheci um moço que nem sabia do problema. Saí com ele algumas vezes e fui me sentindo muito envolvida. O fato de ter feito os exercícios e a terapia me deixou mais tranquila na hora, para eu conseguir me deixar levar. Sem saber do vaginismo ele soube me envolver tão bem que ocorreu tudo naturalmente. Graças a terapia e aos dilatadores. E em primeiro lugar a estes blogs, como este aqui da Melissa, que nos dão apoio e forças para vermos que não estamos sozinhas.
    Foi uma longa estrada. Façam os exercícios, procurem ajuda psicológica. Hoje venci outra barreira. Fiz exame transvaginal. Gente, não é nada ruim. Não dói. É muito, muito mais tranquilo do que dizem. Acreditem em mim.
    Invista em você, procure ajuda por você. Com ou sem namorado/marido. Para quando sua hora chegar, você estar pronta. Um abraço grande a todas.

    Vou deixar aqui o contato da sexóloga que eu passei. Região de Campinas/SP (Vinhedo). Ela também atende pelo Skype.
    Carmen Jansen - www.carmenjanssen.com.br / contato@carmenjanssen.com.br / (19) 3826-1785

    Os dilatadores que usei, comprei pela Internet. A loja é super discreta. Eles vêm em uma caixinha de papelão sem nada de sexshop escrito. Parece uma correspondência qualquer.
    Acredito que esteja em torno de R$70 o kit. http://www.absoloo.com.br/dilatadores-vaginais-absoloo.html#

    A forma de fazer os exercícios, achei aqui: http://vaginismotemfim.blogspot.com.br/2010/06/como-devo-fazer-os-exercicios-com-os.html

    ResponderExcluir
  13. Oi gostaria de ser adicionada no grupo do whats, meu tel é 44 99990-9316,estou precisando tirar dúvidas com quem está passando pelos mesmos problemas que eu.... Obrigada

    ResponderExcluir
  14. Se possível gostaria de participar do grupo no Whats App. Grata. Tel 21 996984968

    ResponderExcluir
  15. Ola, gostaria de participar do grupo do wats app.
    11 96833-2812...obrigado

    ResponderExcluir
  16. sofri por 7 anos desse problema e com 15 dias de tratamento fiquei curada! criei um canal e já postei meu vídeo de depoimento. Quem quiser acompanhar, se inscreve, procura por "diário de uma ex-vaginica". Se alguém quiser ajuda, posso adicionar a um grupo do whatsapp, basta que vc escreva sua história e seu número para esse email diarioexvaginica@gmail.com . pode parecer impossível, mas Vaginismo TEM CURA SIM.

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca pensei que iria me curar e como foi difícil, depois de muito sofrimento e dor e muitos relacionamentos fracassados por ser incapaz de fazer a coisa mais simples do mundo, mas hoje depois de muitos anos estou curada. Ao contrário de muitas mulheres eu não fiz nenhum tipo de acompanhamento médico ou fisioterápico (o que eu acho que foi um grande erro da minha parte) , o que eu fiz foi comprar um kit de dilatadores que por sinal sempre odiei usar porém foi o que ajudou muito. Fechava os olhos e repetia mentalmente que eu era capaz até que um dia aconteceu e aí você percebe que não é nenhum bicho de sete cabeças. Espero muito que todas vocês consigam! A liberdade que nos experimentamos depois de relaxar e finalmente transar é indescritível.

    ResponderExcluir
  18. Bom dia!hoje conheci o blog e gostaria de participar.É reconfortante saber que não estamos sozinha nessa longa e dolorosa caminhada.Sofrir abuso aos 12 anos de idade,e tive todas as sequelas possíveis,medo da penetração,dores, falta de libido,de orgasmo enfim...Nunca pude fazer um tratamento correto por falta de grana e de informação tbm,hoje vendo os depoimentos de vocês me dar ânimo pra continuar lutando. Nunca conseguir casar ou ter uma vida sexual ativa por causa das dores forte, da falta de desejo e de lubrificação.Por anos quis desistir de tentar,mas viver sem prazer,sem amor,sem ter alguém que te ame é uma escolha muito difícil.Hoje tenho 38 anos de muitas frustações e medo.Comecei a namorar alguém,mas as tentativas de ter uma vida sexual ativa é muito torturante pra mim.Ele é muito compreensivo mas preciso da cura.Consigo ter penetração mas as dores são quase insuportáveis. Preciso muito de ajuda.Será que os dilatadores me ajudariam? Preciso de ajuda.

    ResponderExcluir
  19. Gostaria de participar do grupo do What s App 21 981585705 se poderem me adicionar conhecer outras pessoas com o mesmo problema acho que vai me ajudar bastante.Abraço.

    ResponderExcluir
  20. também queria muito participar de algum grupo em relação a isso.
    entre em contato melissa...
    42991564642

    ResponderExcluir
  21. Oi! Tem grupo de whatsapp? Eu quero participar me add aí. Preciso tirar mtas dúvidas. 021995700196

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde, meninas! Estou doando meus dilatadores (usados) para alguém que não tenha condições de comprar. Estou curada há mais de 1 ano, graças a Deus! Os dilatadores me ajudaram muito. São da Absoloo. Quem quiser, é só mandar aqui com e-mail que eu retorno.
    Beijo!
    Andressa

    ResponderExcluir
  23. Olá, estou passando por isso e está sendo um
    pesadelo em meu casamento. Moro em Sp capital, você pode me passar o contato da fisioterapeuta pélvica? Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!
Pode voltar que terá uma resposta minha, ok? :)